Confessa

portrait-1212093_1920

Olha pra mim. Olha nos meus olhos. Não precisa ter vergonha, eu estou aqui. Eu sei, é difícil pra você, mas a gente vai superar. Olha pra mim. São lindos. Castanhos e lindos. Eu sei o que você sente dentro de você: um furacão. Um tornado de informações, de Eus e de novidades, de coisas nunca experimentadas e que você tem gostado. Sei que, intrinsecamente, você está amando essa aventura. Aposto que vai querer repetir. Aposto que vai querer se aventurar de novo, de novo e de novo. Pode vir, eu sempre estarei aqui, enquanto o sol brilhar, eu estarei aqui.

Esse teu sorriso. Você não sabe, mas eu sou apaixonado por ele. E quando você ri de mim, das minhas pirraças ou das minhas palhaçadas eu me apaixono ainda mais. Você me deixou hipnotizado, tomou para si um pedaço de mim, do meu coração, da minha alma. Eu tenho mudado muito e a culpa é sua, é toda sua.

Não apenas você que está perdido, não é apenas você que morre de dúvidas sobre si mesmo e sobre os outros, não, você não está sozinho nesse turbilhão de incertezas. Eu estou com você, de mãos dadas, bem apertadas, dedo a dedo, olhando para o seu pulso e vendo suas veias saltarem.

Seja sincero comigo. Por favor, não minta hoje nem nunca mais, não desperdice essa chance que temos de ser felizes, por quanto tempo não sabemos, mas não desperdice. Está difícil, pois saiba que irá ficar ainda mais. Aos poucos, o mundo vai se desmanchar em pedacinhos ao seu redor. Amigos, colegas, família, todos eles virarão caquinhos de um grande cristal que se demoliu. E quando isso acontecer, saiba que eu ainda estarei aqui, ainda estarei apertando a sua mão e com você vou varrer o que sobrar dessa infelicidade toda.

Confessa. Confessa que gosta de mim, que me ama, confessa porque eu sei que é verdade, eu vejo nos seus olhos, no seu sorriso. Até seu jeito de andar tem mudado, já não é mais cabisbaixo, abatido, está sempre olhando para o horizonte, com os fones no ouvindo, ouvindo sua música predileta e, talvez, pensando em nós.

Confessa que cada hora comigo é única, como são as minhas contigo, que cada toque meu em teu corpo é um passo na dança do nosso amor, confesse que sou o dono da sua felicidade. Confessa. Grita para o silêncio que você descobriu o amor nos meus braços e que não pretende sair daqui.

E, se sair, por favor, volte. Eu preciso de você.

Eu amo você.

banner-promovendo-alma

Anúncios